Home Mail Cadastre-se Contato
Deus ou o diabo?
13 / 12 / 2008
Todos nós sabemos que a Bíblia é um livro "inspirado" por De...

II Samuel-24-1
“A ira do Senhor tornou a acender-se contra Israel, e o Senhor incitou a Davi contra eles, dizendo: Vai, numera a Israel e a Judá.”

I Crônicas-21-1
“ Então Satanás se levantou contra Israel, e incitou Davi a numerar Israel.”


Uma heresia primária, na maioria das vezes, é explicada tendo como base versículos isolados, que não passam de uma frase, quase sempre muito curta. É corriqueiramente resultado de uma interpretação micro, sem visão nenhuma dos contextos que envolvem os versículos apresentados. E este é mais um caso muito parecido com os demais já pronunciados pela internet com intenção de confundir de forma intencional.

O que vemos nestes dois versículos é que um complementa o outro com informações diferentes, ou seja, um diz como Deus reagiu com a dúvida que surgiu, quanto à promessa feita a Abraão de que Israel seria uma grande nação - Deus ficou irado! Como conseqüência dessa ira, agiu contra Israel através de seu líder Davi.

Pode-se considerar este relato como sendo a descrição da REAÇÃO DE DEUS MEDIANTE UMA FALHA DO SEU POVO!

O outro versículo de I Cr 21.1 torna-se um complemento porque informa o modus operandi para a correção de Davi e Israel, afim de que soubesse que Ele é o único Deus, no qual eles devem confiar e jamais na força de seus braços e guerreiros.

Nesse contexto, entra a figurinha carimbada de satanás, ou seja, como em várias ocasiões em relatos Bíblicos, Deus permite a ação do diabo para levar um homem ou um povo ao seu propósito (Jó 1:6-12; I Rs 22:20-22), ou para uma direção. Podemos descrever este segundo versículo como sendo O MODUS-OPERANDI DE DEUS PARA PROVAR QUE ELE É O ÚNICO SENHOR DE ISRAEL!

Deus permitiu satanás agir na vida de Davi, pela sua fraqueza de dúvida e com tendência para confiar na grandeza do seu reino - Ele que, durante sua vida, confiara sempre incondicionalmente em Deus.

Satanás, nesse caso, foi uma espécie de ferramenta para que a palavra lançada pelo próprio Deus mostrasse a Davi em quem ele devia sempre confiar.

Isto foi mostrado com severa correção como vemos em I Crônicas 21.7-17.

Satanás, com a permissão de Deus descrita em I Cr 21:1, considerou grande oportunidade para demover Davi de sua confiança em Deus, para confiar em si mesmo. É a velha história do orgulho próprio descrita em Is 14.12-14.

Concluímos até aqui que o censo realizado por Davi foi idéia do diabo com a permissão de Deus e isto tudo para levar Davi e seu povo a correção que os levaria ao reconhecimento do poder e grandeza do Deus de Israel.


PODEMOS DESCREVER OS FATOS DA SEGUINTE FORMA:

1) Nasce dúvida no coração de Davi quanto à promessa de que Israel seria uma grande Nação.

2) Deus vê isto, fica irado e permite satanás agir sobre a vida de Davi e conseqüentemente sobre o povo que estava debaixo de sua autoridade.

3) Satanás vê uma grande oportunidade de elevar o coração de Davi pelo potencial de seus fortes soldados e assim desviar sua fé no Deus de Abraão. Assim ele coordena a idéia do censo com critérios interessantes (seria bom ler todo capitulo dos dois versículos para entender porque digo isto).

4) Davi efetua o censo manipulado pelo diabo. (É bom observarmos que realizar um censo não tem nada de errado, Deus mesmo em outras ocasiões ordenou a realização de censo do povo de Israel. Neste caso, o censo está recheado de coisas do diabo como dúvida na palavra de Deus e orgulho próprio).

5) Deus entra com a correção para ensinar Davi e seu povo e a todas gerações que não há outro poder em que devemos colocar nossa FÉ E CONFIANÇA A NÃO SER NO PODER DO DEUS, CRIADOR DOS CÉUS E DA TERRA, QUE ERA, QUE É, QUE HÁ DE SER!

Isto tudo é muito simples de ser entendido para os de boa FÉ!
 
Fonte Ministério CACP
 
  
 
 
Voltar