Home Mail Cadastre-se Contato
Anúncios ateus espalham-se por mais países
24 / 01 / 2009

A campanha de anúncios ateísta nos autocarros já se estendeu para além das fronteiras de Inglaterra para os países fortemente Católicos de Espanha e também estava prevista para começar a aparecer em Itália no próximo mês.

Em Espanha, onde 94 por cento da população é Católica, os autocarros começaram na Segunda-feira a apresentar o mesmo slogan ateu dos autocarros de Londres, de acordo com a Agence France-Presse. Os autocarros de duas carreiras em Barcelona exibem a mensagem, "Provavelmente Deus não existe. Pare já de se preocupar e goze a sua vida", traduzida para Catalão.

Os ateus em Espanha dizem que planeiam expandir a campanha para o resto do país.

Entretanto, em Itália, onde fica a sede mundial da Igreja Católica, autocarros com o slogan: "A má notícia é que Deus não existe. A boa notícia é que não precisamos dele", estava prevista para começar a aparecer na zona norte da cidade de Génova a 4 de Fevereiro.

No entanto, relatos indicam que forças conservadoras na Itália impediram que os anúncios aparecessem nos autocarros de Génova, de acordo com a Reuters. Ateus Italianos afirmaram recentemente que uma forte oposição por parte de partidos políticos conservadores fez com que a agência recusasse a campanha.

"Políticos de direita criticaram-nos ferozmente", disse Giorgio Villella da União Italiana dos Ateus e Agnósticos Racionalistas (UAAR) à Reuters.
"É estranho que num país onde são permitidos anúncios com mulheres quase nuas vestindo lingerie reduzida nos autocarros, não possamos publicar anúncios sobre o ateísmo", queixou-se.

Villella disse que o advogado do grupo iria provavelmente apresentar um recurso no tribunal para inverter a decisão e o grupo ateu irá tentar garantir espaço publicitário em outras cidades Italianas.

No início de Janeiro, os anúncios ateus começaram a aparecer em dezenas de autocarros londrinos. A campanha é financiada pela Associação Humanista Britânica e é apoiada publicamente e parcialmente financiada pelo ícone ateu Richard Dawkins.

Até agora, a campanha já reuniu mais de 140.000 euros – o suficiente para financiar a publicidade em 800 autocarros por toda a Grã-Bretanha, com 200, apenas no centro de Londres, segundo a AFP. Ela também paga a publicidade para 1000 posters no metro de Londres e para dois ecrãs vídeo numa popular estação de metro um mês inteiro, que termina no início de Fevereiro.

Dawkins tinha dito à BBC numa entrevista que a campanha foi projectada para fazer as pessoas pensar, uma acção que ele alega ser “um anátema para a religião.”

Campanhas semelhantes a estas estão a ser negociadas na Austrália e no Canadá.

Mas na Austrália, os ateus estão a encontrar alguns obstáculos porque a maior agência de publicidade ao ar livre do país, a APN Outdoor, rejeitou a proposta feita pela Fundação Ateísta da Austrália para espaço publicitário.

Em Inglaterra houve também alguma resistência à campanha ateísta, com a Advertising Standards Authority (ASA) a relatar cerca de 200 queixas contra a publicidade apresentadas até agora.

A ASA fez notar que o maior número de queixas que já tinha recebido em relação a um anúncio publicitário era de 1,600.
 
Fonte: Diário Cristão
 
  
 
 
Voltar