Home Mail Cadastre-se Contato
A obediência traz bênçãos
“Guarda e cumpre todas estas palavras que te ordeno, para que bem te suceda a ti e a teus filhos, depois de ti, para sempre, quando fizeres o que é bom e reto aos olhos do Senhor, teu Deus.” Deuteronômio 12: 28

Embora a salvação não venha das obras da lei, as bênçãos que estão prometidas como resultado da obediência não são negadas aos fiéis servos de Deus. Nosso Senhor removeu as maldições da lei, quando Ele mesmo se tornou “maldição” em nosso lugar; mas nenhuma sentença das bênçãos foi revogada.
Temos de observar e ouvir a vontade revelada do Senhor, dando atenção a “todas estas palavras” e não apenas parte delas. Não devemos selecionar e escolher partes de Sua Palavra, e sim manifestar respeito imparcial a tudo que Deus nos ordenou. Este é o caminho da bem-aventurança para os pais e seus filhos. A bênção do Senhor está sobre os seus eleitos até a terceira e quarta geração. Se andarem em retidão diante de Deus, Ele fará todas as pessoas saberem que os eleitos são um povo que o Senhor tem abençoado.
Nenhuma bênção virá sobre nós e nossos descendentes através da desonestidade ou de um viver dúbio. Seguir a conformação com o mundo e a impureza não pode trazer qualquer benefício a nós ou aos nossos queridos. Tudo irá bem conosco quando estivermos andando em retidão diante de Deus. Se a integridade não nos torna prósperos, tampouco a desonestidade nos tornará. Aquilo que causa prazer a Deus também o causará a nós.
Louvado seja o Senhor Nosso Deus.

Ariovaldo Leite Junior

06/02/10