Home Mail Cadastre-se Contato
Qual é a minha meta?

“Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá...” Salmos 37:5

Este texto esta na primeira pessoa, onde uso o “eu” para que cada um que leia coloque o seu nome, assim como vivencio este aprendizado a cada passo.
Nossos dias são abarrotados de afazeres que em muitos momentos listamos, refazemos as listas, nos perdemos nas listas, iniciamos tarefas e não terminamos e assim vivemos solicitando mais e mais tempo. Tempo este que não muda, desde a fundação do universo por Deus, é esse tempo que ele atribuiu. Não questiono se os sete dias foram de vinte e quatro, quarenta, duzentas horas, o importante é que a meta foi cumprida, no devido tempo.
Tenho um amigo que cada vez que o encontro ou converso com ele, sempre aponto meus projetos e afazeres e ele calmamente se vira e diz, minha meta é ser uma bênção. Isso as vezes me frusta tremendamente, porque estudo e me atualizo para que meus compromissos tenham êxito e ai me pergunto. Como você desenvolve um plano de ação e padrões para esse tipo de objetivo? E acabo a conversa, sempre com a sensação de que ele não é a pessoa ideal para discutir isso. Contudo, à medida que os anos passaram, descobri que meu objetivo estava se aproximando cada vez mais do dele: “Ser uma bênção.”
Comecei a pensar, e hoje dou total razão ao Jamil, pois se não formos bênção na vida daqueles que vivem ao nosso redor, nada tem sentido. Devo ser bênção na escola, no trabalho, na Igreja, na sociedade, na rua, nas filas de bancos e demais locais em que estiver, devo sempre ser bênção. Sei que as vezes irei encontrar pessoas que não dão abertura, mas com oração e espera no Senhor, Ele nos dará no seu tempo a oportunidade de abençoarmos as vidas que colocamos em nossas listas como metas.
Hoje, minha principal e única lista é “Ser bênção”, e para isso, coloco a cada dia a minha vida diante do Senhor para que Ele use e faça realmente aquilo que deve ser feito. Dificulcades, problemas e demais tribulações irão sempre fortalecer a minha plena e constante vontade de “Ser uma bênção.”
Jesus veio para abençoar, não para ofender. Ele veio tornar retos os lugares tortuosos. Acabar com as lagrimas e com nossos medos. Ele veio para ser uma bênção.
Que Deus continue nos abençoando.

Ariovaldo Leite Junior

17/04/11