Home Mail Cadastre-se Contato
Ensinar e persistir – Série FÉ no Lar
“Ensine-as com persistência a seus filhos. Converse sobre elas quando estiver sentado em casa, quando estiver andando pelo caminho, quando se deitar e quando se levantar. Amarre-as como um sinal nos braços e prenda-as na testa. Escreva-as nos batentes das portas de sua casa e em seus portões.” Deuteronômio 6:7- 9
O verbo ensinar usado nessa passagem de Deuteronômio significa literalmente imprimir ou estabelecer. Os caminhos de Deus devem estar permanentemente impressos ou estabelecidos no coração e na mente dos nossos filhos. Eles não devem ser memorizados, recitados e esquecidos, mas afixados para que nossos filhos vivam naturalmente de acordo com eles, sem nem ter de pensar a respeito.
O que impressiona? Muitas coisas me impressionam. Muitas coisas nos impressionam a cada dia, mas se observarmos a persistência de algumas pessoas para “atingir determinado alvo” ficaremos impressionados e até nos comparamos de que não seriamos capaz. Portanto, devemos tomar isso como exemplo e fazer valer nossa FÉ perante aos olhos daqueles que nos tem como exemplos de vida a cada dia. Cito aqui o exemplo do ex-jogador de Basquete - Oscar Schmidt, famoso pela sua pontaria, porém ele treinava e persistia em acertar “o alvo” horas e horas por dia, o resultado é esse que conhecemos. Amados, se queremos que nossos filhos tenham uma caminhada com Deus, temos que caminhar juntos e como estimulo, muito mais que eles, pois sempre irão ter como exemplo aquilo que seus pais (ou seja nós”) fazemos.
Podemos falar com nossos filhos sobre os caminhos e mandamentos de Deus. Podemos leva-los à igreja e deixar que a igreja ensine. Contudo, nossos filhos não terão uma impressão duradoura nos mandamentos de Deus a não ser que os vejam com os próprios olhos em nós, seus pais. Queridos pais, nossos filhos serão marcados de uma maneira ou de outra, pela forma como nós vivemos.
Podemos marcá-los para que sejam cristãos de uma hora por semana (hipócritas), que apenas se vestem, agem e se comportam como cristãos na igreja, ou podemos marca-los de modo a serem cristãos 24 horas por dia e sete dias por semana, que vivem continuamente de acordo com O Que JESUS Quer Que Eu Faça? Pense e pratique. Perseveremos em Oração.

06/02/13